Número total de visualizações de página

sábado, 31 de março de 2012

FC Porto - Olhanense: Novo ataque à liderança



Dragão proibido de perder pontos no dia do Benfica-Sp. Braga: até porque para a semana vai a Braga...


Momento

F.C. Porto: No dia do Benfica-Sp. Braga, o dragão está proibido de não ganhar: uma vitória permite ganhar pontos pelo menos a um dos rivais. Para a semana, de resto, o F.C. Porto joga em Braga e precisa de ganhar confiança para um jogo decisivo. A equipa, recorde-se, vem de dois jogos sem ganhar: na Luz para a Taça da Liga e em Paços de Ferreira, para a Liga: até perdeu a liderança.

Olhanense: A formação de Sérgio Conceição não perde há mês e meio, desde o dia 12 de fevereiro. Desde então só ganhou em Leiria, é verdade, mas empatou em Guimarães, com o Nacional e até com o Benfica, na última jornada. Ora por isso é um adversário motivado, que subiu ao sétimo lugar e que ambiciona chegar ao sexto lugar, do V. Guimarães.

Principais ausências

F.C. Porto: Danilo, Djlama e Emídio Rafael estão lesionados, Rodriguez foi dispensado.

Olhanense: Maurício está suspenso e Luís Filipe está lesionado.

Discurso direto

Vítor Pereira: «Em Paços criámos uma série de golos e não marcámos. Irregularidade? Os números dizem que estamos a um ponto do primeiro. Os outros é que são regulares? Dependemos de nós para sermos campeões. Se fossemos irregulares não estaríamos a lutar pelo título.» 

Sérgio Conceição: «Vai ser muito difícil porque vamos encontrar um adversário com a necessidade de vencer. Queremos dar sequências aos resultados e ao bom momento. Não vai ser fácil mas os maus jogadores vão fazer de tudo para trazer algo positivo e isso passa por pontuar.» 

Histórico de confrontos

Só uma vez na história o Olhanense venceu na casa do F.C. Porto: foi em 1945, numa altura portanto em que o Estádio das Antas ainda nem sequer existia. De resto, já se jogaram mais 19 encontros no Porto e o dragão venceu 17 deles, empatando ainda dois: a última foi há dois anos.

Equipas prováveis

F.C. PORTO: Helton; Sapunaru, Maicon, Otamendi e Alvaro Pereira; Fernando, Lucho e João Moutinho; Hulk, Janko e James. 
Suplentes: Bracali, Rolando, Alex Sandro, Defour, Kléber, Varela e Iturbe.

OLHANENSE: Fabiano Freitas; Cauê, Vasco Fernandes André Pinto e Ismaily; Fernando Alexandre, Jander e Rui Duarte, Salvador Agra, Dady e Wilson Eduardo. 
Suplentes: Bruno Veríssimo, Vítor Vinha, Paulo Regula, Mateus, Ivanildo,Yontcha,Toy, Victor Meza e Djalmir.

Benfica - Sporting de Braga: a luta pela liderança



O jogo deste noite no Estádio da Luz é fundamental para definir a classificação da primeira liga, numa altura em que faltam seis jornadas para o final do campeonato.

O Benfica e o Sporting de Braga jogam esta noite no Estádio da Luz uma partida fundamental para as contas finais da primeira liga.
A equipa lisboeta encontra-se a competir em diversas frentes e ao longo do último mês venceu dois jogos, perdeu um encontro com o Futebol Clube do Porto e empatou outro com o Olhanense.  
O Sporting de Braga tem 13 vitórias consecutivas e lidera a classificação da primeira liga com 58 pontos, mais um ponto que o Porto e dois pontos que o Benfica. 
Os principais ausentes do jogo desta noite na Luz são Pablo Aimar, Emerson e Garay do lado do Benfica, e Salino, Paulo Vinícius e Ruben Amorim do lado do Braga. 
O jogo entre as duas equipas, que estão na luta pelo título com o Futebol Clube do Porto, tem transmissão na SportTV1 pelas 21h15.
O F.C. Porto recebe o Olhanense, em jogo com início previsto para as 19 horas e transmissão também na SportTV1, enquanto o Sporting joga apenas no domingo no estádio da União da Leiria pelas 18h15 com transmissão na TVi.   
Como é habitual antes dos grandes clássicos, a imprensa procura recolher a opinião de treinadores e jogadores. O antigo jogador e treinador do Benfica, Toni, e Barroso do Sporting de Barga, partilham da ideia de que o Sporting de Braga "é a equipa mais regular" e que "melhor futebol pratica em Portugal", enquanto Rui Águas reconhece que o jogo de sábado "é mais importante para o Benfica".
A destoar do denominador comum que caracterizou os comentários deste trio, que marcou presença no estúdio do Galaxy Note, no Centro Comercial Colombo, para comentar o jogo de sábado, na Luz, esteve o antigo jogador "encarnado" Hélder, o mais confiante nas possibilidades do Benfica vencer o Braga e conquistar o título.
"O jogo assume maior importância para o Benfica do que para o Braga, por ter menos dois pontos. Se ganhar, manterá boas possibilidades de chegar ao título, se perder ficará com o campeonato comprometido, porque não basta afastar o Braga da corrida, há ainda o FC Porto", disse Rui Águas, confessando ao mesmo tempo a sua surpresa pela carreira dos minhotos.

Sporting - Metalist



Insúa foi rei da festa, mas Rui Patrício roubou parte da alegria que também alimentou.

A figura: Insúa
O lateral argentino tem participação direta nos dois golos do Sporting. No primeiro tento recupera a bola no meio-campo defensivo, e mais à frente tabela com Capel, que cruza para a finalização de Izmailov. É depois o autor do segundo tento, na sequência de um livre indireto. Foi a quinta vez que marcou de leão ao peito, e curiosamente nunca festejou na Liga.

O momento: ao cair do pano ainda custa mais
Na bancada já se esperava de pé pelo final do jogo. Os golos de Izmailov e Insúa davam ao Sporting uma importante vantagem para a visita a Kharkiv, mas um penalty de Rui Patrício sobre Devic deu a Cleiton Xavier a oportunidade de roubar parte do sorriso leonino. Um duro golpe, mesmo ao cair do pano.

Outros destaques:

Xandão
Concentrado e autoritário, o central brasileiro comandou uma vez mais a defesa leonina. Polga cometeu alguns erros, mas Xandão mostrou-se sempre muito sólido. Rápido a reagir aos contra-ataques contrários, robusto nas situações que o exigiram, transmitiu confiança para a bancada. 

Carriço
Está cada vez mais confortável no papel de trinco. Destacou-se sobretudo no primeiro tempo, quando o Sporting sentiu dificuldades para furar a defesa contrária, e acabou por consentir vários contra-ataques. O número três leonino não podia estar em todo o lado, mas resolveu várias situações eventualmente problemáticas. Apareceu também em situações de finalização, e por duas vezes tentou a sua sorte.

Rui Patrício
Quatro defesas fantásticas (74, 75, 81 e 86), a adiar o golo do Metalist, que acabaria por «promover» com a grande penalidade cometida sobre Devic. O guarda-redes leonino estava a exibir-se a grande nível, uma vez mais, mas cometeu um erro que deixa um sabor amargo. Foi pena.

Taison
Um avançado (ou médio ofensivo) que nem espera pela sombra. Assim que a bola lhe chega aos pés «dispara» em direção ao defesa, com os olhos postos na baliza. Em várias ocasiões deixou defesas leoninos a «comer pó», mas depois não esteve feliz na decisão das jogadas, e faltou-lhe também algum apoio.

Devic
Cristaldo movimentou-se bastante, mas não esteve inspirado. Devic entrou logo a seguir ao segundo golo leonino, e criou muito mais dificuldades à defesa leonina. Testou duas vezes a atenção de Rui Patrício, e ao minuto 90 acaba por sofrer a grande penalidade.

quarta-feira, 21 de março de 2012

Jogos Olímpicos 2012


 

A Bwin (www.bwin.com), que já foi conhecida como betandwin, é uma empresa de jogo online da Áustria que oferece apostas no âmbito do desporto, póquer, jogos de casino, soft games e skill games e ainda streams audiovisuais de alguns eventos desportivos de alta importância.
Em termos das apostas desportivas (que é a sua actividade mais badalada), a Bwin estende-se a mais de 90 desportos diferentes (desde desportos mais populares com bola até desportos motorizados como a Fórmula 1 e Moto GP, até desportos com popularidade menor como hóquei em patins e dardos). Esta empresa destaca-se também por oferecer apostas em áreas não desportivas (Cerimónia dos Óscares e Festival da Canção).
Em Portugal, a Bwin (www.bwin.com/pt) começou a tornar-se conhecida em 2005, altura em que se tornou a principal patrocinadora da Liga Portuguesa de Futebol. Nesse ano, a Liga foi designada como Liga betandwin e, no ano seguinte com a mudança do nome da empresa, passou a Bwin Liga que se manteve até à época 2007/2008. De qualquer forma a Bwin continua a ser hoje em dia uma das principais patrocinadoras desta liga.
Este ano a Bwin promete estar em grande também nos Jogos Olímpicos 2012 (https://www.bwin.com/pt/epage.aspx?aid=45517), importante competição a nível mundial em Londres, com ofertas num muito vasto leque de apostas desde o nosso futebol, sendo possível apostar numa táctica vencedora, ou noutros desportos desta prestigiada competição, como por exemplo apostar num possível vencedor de uma determinada partida de ténis.

Em relação aos Jogos Olímpicos em Londres, que será a primeira cidade a receber as Olimpíadas pela 3ª ve, estes realizar-se-ão de 27 de Julho a 12 de Agosto e seguir-se-ão os Jogos Paraolímpicos de 29 de Agosto a 9 de Setembro.
A supervisão e organização dos jogos estará à responsabilidade do LOCOG (Comité Organizador dos Jogos Olímpicos de Londres. A construcção de salas e infra estruturas está a cargo da APD (Autoridade de Desenvolvimento Olímpico da Grande Londres). O orgão que coordena os jogos é a GOE (Secretária Executiva Olímpica) e a sua responsável é Tessa Jowell, Ministra Permanente para a Organização dos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de Londres.

Os Jogos Olímpicos e Paraolímpicos irão utilizar uma mistura de novos espaços, instalações existentes e zonas históricas. 

As provas de ginástica e basquetebol realizar-se-ão no The O2 Arena:



No Wembley Stadium (estádio nacional inglês) realizar-se-ão as provas de futebol com mais importância:



Os torneios de ténis terão lugar no Wimbledon:



O Estádio Olímpico de Londres estará reservado para as provas de Atletismo:



As mascotes da nova edição dos jogos foram escolhida a 19 de Maio de 2010 pelo Comité Olímpico Britânico. Chama-se Wenlock e Mandeville e representam duas gotas de aço.
Os custos da montagem dos jogos estão separados dos custos da construção das infraestrututras necessáriase do aterro para o Parque Olímpico. Enquanto que os jogos terão uma maioria de investimentos privados, o Parque e as respectivas instalações terão investimento público.
Foram convidados para o financiamento grandes empresas como a British Airways, BP, Nortel, Adidas, entre outras e ainda uma parceria com o Youtube.
O programa para os Jogos Olímpicos de 2012 consta de 26 modalidades e os Paraolímpicos de 20 modalidades.
Em relação aos nossos, 41 atletas portugueses já têm presença garantida na competição, sendo que o contingente poderá crescer até 27 de Julho.
O chefe da Missão de Portugal, Mário Santos, afirmou que, neste momento, excluída a participação dos desportos colectivos, “entre 60 a 80 será o número entre as piores e melhores expectativas”. É de notar que há quatro anos, 78 portugueses competiram em 17 modalidades na China.
Na lista do Comité Olímpico de Portugal, há 43 elementos habilitados em oito modalidades, mas há que excluir Nelson Évora, que infelizmente vai falhar a defesa do título no triplo salto por lesão, e uma das quatro marchadoras que atingiram a marca de referência, uma vez que existe um limite de três. O atletismo é a modalidade que lidera, com 16 atletas a reunirem os mínimos A no início do ano. Com Évora lesionado, as atenções lusas vão estar centradas em Naíde Gomes, campeã mundial do salto em comprimento em pista coberta em 2008, que acabou por desiludir em Pequim, falhando a presença na final. Qualificadas estão também Sara Moreira, com mínimos em 3.000 metros obstáculos, 5.000 e 10.000, Ana Dulce Félix, Jéssica Augusto e Marisa Barros. Francis Obikwelu, medalha de prata em Atenas 2004, também é presença garantida nos 100 metros e Marco Fortes repetirá a participação no lançamento no peso.
Na marcha feminina, uma das quatro atletas portuguesas – Susana Feitor, Vera Santos, Inês Henriques e Ana Cabecinha – terá de ficar de fora. A vela é outra modalidade de grande peso, com 11 competidores em seis categorias diferentes. Por outro lado, a canoagem já garantiu cinco apurados, com destaque para Teresa Portela, que vai competir em K1 200, K1 500 e fazer equipa em K4 500. Na ginástica, a portuense Zoi Lima é a grande surpresa na lista dos quatro atletas já apurados. Na natação, Diogo Carvalho é o único qualificado para a competição.
Com um pouco de sorte e muito talento 2012 poderá ser um ano de sucesso desportivo para Portugal.